May 29, 2003

Fissura

Estou viciada no jogo de cartas de aranha do Windows XP. Bill Gates, desgraçado! :c)

Filed under: Vidinha — Maria Fabriani @ 01:37

May 27, 2003

Casa de ferreiro…

Gosto de pensar que sou uma ótima ouvinte. Dedicada, fiel, cheia de idéias e com alguma experiência para saber como são as coisas da vida - o suficiente para não julgar quem me procura para desabafar. Mas quando chega a hora de me defrontar com a verdade das minhas próprias dificuldades e “ter responsabilidade pela minha vida”, a coisa fica mais difícil.

Filed under: Elucubrações — Maria Fabriani @ 21:53

May 24, 2003

Descoberta

Ontem, quando falei com meu irmão no telefone, aconteceu uma coisa linda. Ele me contou que estava querendo ir disputar um campeonato de esgrima em São Paulo, no qual representaria o Rio na categoria dele, a Infantil. O único problema era que o nosso pai não queria deixar ele ir sozinho.
Aí, eu e Carlos dissemos quase que ao mesmo tempo: “Sabe como o papai é, né?”. Ambos suspiramos. Os suspiros não eram maldosos, mas cúmplices. Eram um reconhecimento de quem sabe do que o outro está falando e divide de uma forma que apenas irmãos sabem fazer tudo o que diz respeito aos pais.
Nunca tinha sentido essa conexão com o meu irmão - apesar de ter conectado com ele em tudo, desde que ele nasceu - e foi mágico quando senti que finalmente não estou mais sozinha nesse nível. Meu irmão sabe do que estou falando e isso me dá uma sensação maravilhosa.
A maioria de vocês deve ter irmãos, portanto essa cumplicidade deve ter existido sempre, mas pra mim ela é novidade. Meu irmão nasceu quando eu já tinha 19 anos. Uma vida inteira crescendo sozinha. Agora que ele e eu podemos dividir mais essa experiência, fico tão feliz que me dá vontade de chorar.
Mas não vou chorar não porque eu tou é muito feliz. Estou fazendo pão. :c)))

Filed under: Saudade — Maria Fabriani @ 14:53

May 23, 2003

FELIZ ANIVERSÁRIO CARLOS!!!!!!!!


Hoje é aniversário do meu irmãozinho Carlos, que está fazendo 12 anos de idade. Como o próprio assina seus emails atualmente, Carlos já é um pré-adolescente. Meu irmão é um rapazinho muito inteligente e bonito, que gosta de jogar videogame (tem uma fixação com “Zelda”) e se pudesse passava dias trancado no GameWorks do Rio Sul.
Nunca vou me esquecer quando fui ao Brasil em setembro do ano passado. Carlos e eu fomos nos divertir lá no Rio Sul e, claro, acabamos no GameWorks. Eu, que não sou gamemaníaca mas que me amarro num computador, não me fiz de rogada e sentei lá ao lado do meu irmãozinho. Aí, comecei a torcer descaradamente por ele (claro!) enquanto nossa encarnação digital caçava bandidos na telinha.
Adoro pagar mico com meu irmão, dizer pra todo mundo que ele é o maior, o melhor, o mais bonito e o mais inteligente. Tou errada? Tou mimando a criatura? Não… Se eu mimo, a Cristina, mãe do meu irmão, e o meu pai desmimam e eu tenho certeza que no final das contas, meu irmãozinho foi, é e sempre será uma pessoa incrível. Carlos, meu lindo, fique com Deus! Eu te amo!!!
A foto é antiga. Trata-se, ladies and gentlemen, de um protesto. Não recebo mais fotos do meu irmão já tem um milênio e dois dias. :c) Alô, alô pessoal da Urca, vocês já ouviram falar de uma coisa chamada “correio”????

Filed under: Aniversários,Saudade — Maria Fabriani @ 14:11

May 22, 2003

Não me agüento

Está me dando um aperto no coração ver as despedidas de todos vocês aqui que está sendo difícil não escrever, sabiam? Não, não escrevi o post abaixo apenas para “testar minha audiência”, mas fiquei feliz com o carinho de todos.
E não é que hoje pintou assunto? Cortei meu cabelo (ficou lindo) com uma cabeleireira chamada Åsa [ôôssa]; fiz uma prova nacional do último nível de inglês e tirei MVG, que quer dizer Mycket Väl Godkänt e representa “Excelente” no sistema de notas daqui (estou feliz!); consegui um bidrag, ou ajuda financeira, para estudar no semestre que vem (iuuuupiiii), e amanhã é o aniversário de 12 anos do meu irmãozinho Carlos (Feliz Aniversário, meu lindo!).

O fim da picada
Ah, hoje li uma coisa no jornal que me deixou perplexa: uma mulher fez seguro contra feiúra. Isso mesmo, você leu certo. A inglesa Nicole Jones fez um seguro que lhe pagará 100 mil libras caso seu marido a deixe porque ela ficou gorda e feia. E como se a humilhação já não fosse muita, ainda tem a gota d’água: um “painel” composto por dez peões de obra é que vai decidir se ela não é mais atraente. É o fim, não é?
Na reportagem, Nicole diz que o marido vive dizendo que “a trocará por um modelo mais novo” e que se por acaso for necessário o pagamento do “prêmio”, ela utilizará o dinheiro para fazer as alterações necessárias para ficar bonita novamente. Céus! Tantos anos de feminismo e avanço jogados no lixo…
Deixa eu dizer uma coisa à Nicole: darling, come direitinho, dá um pé na bunda desse infeliz e encontra um homem melhor. Mas antes, queridoca, vê se arruma um analista porque a coisa tá preta.
Eu hein…

Filed under: Aniversários,Universidade,Variedades,Vidinha — Maria Fabriani @ 21:43

May 21, 2003

Pausa

Sabem de uma coisa engraçada? Perdi o tesão por isso aqui, o meu blog. Claro que ainda o acho lindo de morrer, que ainda sinto falta do simples prazer de digitar alguma coisa diariamente e que freqüentemente penso na forma de posts, mas ainda assim, o que era antes já não é mais.
Acho que um dos papéis que o Montanha-Russa tinha (e ainda tem às vezes) é de servir como um rascunho, onde posso escrever o que penso para que toda essa loucura que fiz na minha vida ganhe algum significado. Já disse e repito: escrever, pra mim, é um meio de make sense of it all, and works like a charm.
Mas esse “trabalho” de purificação do meu estranhamento nesse novo mundo já não é mais suficiente. Quero me expressar aqui de outras maneiras e me sinto tolhida, tímida, sem vontade de ir mais a fundo, mesmo sabendo que a grande maioria das pessoas que me visita gosta do que lê e até se diverte com o que escrevo.
Os comentários entram nessa equação e são importantíssimos. Nunca gostei de falar sozinha e prefiro ter opiniões de um grupo de pessoas do que ficar pensando obsessivamente sobre um assunto de forma solitária. Ainda assim, sinto que minhas energias estão se rearrumando.
Ainda não consigo explicar mais claramente o que está se passando; talvez eu esteja apenas reagindo a uma questão que sempre me incomodou: o que escrevo aqui pode ser lido por qualquer um e esse tipo de abertura é complicada. Acho que esse tempo todo fantasiava que apenas quem comentava aqui é que lia o blog, mas é claro que sei que isso não é verdade.
Mas isso é apenas um detalhe.
O importante é que notei que gostaria de escrever algumas coisas aqui mas me censurei. Não por serem coisas impróprias, muito pelo contrário — até porque tendo a não escrever sobre coisas impróprias, mas apenas fazê-las :c) — mas por serem coisas íntimas.
É por isso que estou entrando num brake. Pode ser que escreva milhares de posts amanhã ou que demore alguns dias com uma novidade. Ainda não sei, mas queria apenas avisá-los. Beijão, tchau.
Só pra acalmar os amigos queridos: está tudo muito bem com meu urso polar. O lance não é esse. Uma transformação, por mais complicada que seja, nem sempre significa infelicidade. See ya!

Filed under: Elucubrações — Maria Fabriani @ 23:48

May 19, 2003

Summertime

Summertime and the livin’ is easy
Fish are jumpin’ and the cotton is fine
Oh your Daddy’s rich and your ma is good lookin’
So hush little baby, don’t you cry

Adoro tentar fazer a voz rascante de Billy Holiday… Mas, enquanto cantora de blues, sou uma ótima jornalista… hehehe
Tem feito dias lindos aqui. Ontem estava quentíssimo. Tão quente que dormimos com as janelas abertas. Hoje está chovendo, mas é até bom porque tava quente demais… (20 graus positivos).
P.S.: Se você é brasileiro, mora no Brasil, e é novo aqui no Montanha-Russa, deve estar achando que eu enlouqueci achando que 20 graus positivos é quente. Mas, se estiver curioso(a), procure nos meus arquivos os meses de janeiro e fevereiro e leia o que está escrito lá, quando o mercúrio dos termômetros aqui de Boden estava congelando… Aí entenderás o porquê de tanto fuss

One of these mornings
You’re goin’ to rise up singing
Then you’ll spread your wings
And you’ll take the sky
But till that morning
There’s a nothin’ can harm you
With daddy and mammy standin’ by

(Summertime - George and Ira Gershwin / DuBose Heyward)

Filed under: Vidinha — Maria Fabriani @ 11:10

May 14, 2003

Ai ai ai…

Quem disse que eu não trabalho?
Lerê lerê, lerê lerê lerê, lerê lerê, lerê lerê lerê

Filed under: Vidinha — Maria Fabriani @ 09:36

May 13, 2003

Rebeldia

Tô aqui quebrando a cabeça pra escolher um tema sobre o qual vou falar durante cinco minutos na quinta-feira. Prova-teste de sueco. Cinco minutos não é nada, ainda mais pra mim, que falo pelos cotovelos quando estou embalada, mas ainda assim está difícil decidir. O problema é que os temas são tão diferentes e, apesar de serem variados, são quase todos chatos.
Pode-se falar sobre: “Pode ser certo fazer guerra?”; “Uma teoria ética”; “Responsabilidade dos pais”; “Segurança na escola?”; “Cópias piratas” etc. Não disse que não tem nada interessante? Um dos temas é “Uma pessoa modelo - a quem você admira”. Poderia até falar sobre isso, mas o problema é que não tenho uma pessoa - apenas uma - a quem admiro sem restrições.
Acho que todo mundo quando olhado bem de perto perde um pouco do seu charme. Se não me engano, o Caetano escreveu em uma música que todo mundo de perto é imperfeito, ou coisa parecida. Nada mais exato. Poderia falar das milhares de coisas que admiro nos meus pais, na minha avó querida, no meu irmão e até nas minhas cachorrinhas. Mas… apenas uma pessoa? Não tenho, não.
Acho que vou escolher esse tema mesmo e me rebelar contra ele ao mesmo tempo. Não dá, simplesmente não dá para ter apenas uma pessoa a quem se considere um “ídolo” sem que se pense que aquela pessoa é gente, que tem mau hálito de manhã e pode ser um pentelho às vezes. É, acho que vou fazer isso. Como eu li por aí, fazer um blog é melhor e mais barato do que fazer análise. *Hohoho*

Filed under: Universidade — Maria Fabriani @ 15:47

May 9, 2003

2 ANOS DE SUÉCIA

cake.jpg
Como passa rápido…

Filed under: Aniversários — Maria Fabriani @ 13:36
Next Page »
 

Bad Behavior has blocked 504 access attempts in the last 7 days.